CRAS oferece atividade diferenciada para idosos

Tempo de leitura: 2 minutos

A cada ano o número de cidadãos preocupados com a saúde, com o crescimento cultural e que reivindicam espaço na sociedade aumenta.

Os avanços tecnológicos, a nova forma de tratar da saúde, o incentivo a educação, políticas públicas e a facilidade de acesso as informações tem modificado a sociedade e trouxeram uma expectativa de vida superior àquela esperada por muitos e cada vez mais os idosos passam a somar uma porcentagem ainda maior, representado uma parcela significativa da população. O Brasil está envelhecendo.

Atualmente, muito se discute sobre as questões associadas à velhice e inúmeras são as alternativas que buscam inserir estes indivíduos em diferentes espaços sociais, visando a uma melhor qualidade de vida. Uma das formas de inserção da pessoa idosa na sociedade é através da formação de grupos de convivência, nos quais a pessoa dessa faixa etária encontra espaço para desenvolver atividades.

O convívio em grupos de idosos é um espaço importante para desencadear, tanto na pessoa idosa quanto na comunidade, uma mudança comportamental diante da situação de preconceito que existe nesta relação. Os grupos de convivência procuram fortalecer o papel social do idoso. Sendo assim, visando construir um processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo, o CRAS – Centro de Referência de Assistência Social de Alvarenga, oferta atividades para os idosos do município.

Hoje, o CRAS já dispõe de grupos intergeracionais que acontecem na sede do município, além de desenvolver um trabalho de apoio ao Grupo da Melhor Idade Bem Viver. Contudo, com o Reordenamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais do MDS, o gestor municipal Diocélio Fernando e a Secretária de Assistência Social, Marly Campos, aplicam recursos e projetos voltadas a ofertar atividades que assegurará um espaço de convivência para os idosos de modo a promover a sua vivência comunitária e familiar, onde poderão ser detectadas suas necessidades e motivações, desenvolvendo as potencialidades e capacidades para novos projetos de vida, incentivando o protagonismo social dos usuários.

Estes encontros são realizados sempre nas terças e quintas nas dependências do CRAS. É importante ressaltar que o CRAS conta com a participação de todos os idosos do município, inclusive daqueles que já participam de outras atividades ou grupos de convivência, uma vez que o objetivo maior é a integração e o fortalecimento dos vínculos comunitários. É importante dizer também que não há nenhum tipo de mensalidade ou taxa para a participação dos idosos, as atividades são totalmente financiadas com recursos Municipais e Federais.