Assistência Social

Prefeitura de Alvarenga investe em capacitação profissional

Um melhor aprendizado para um atendimento eficiente. Esse foi o objetivo do curso de Capacitação do Cadastro Único realizado entre os dias 25 e 26 de maio de 2017 em Belo Horizonte, tendo como foco o aperfeiçoamento da coordenação municipal, planejar e executar o cadastramento; analisar os dados do cadastro em âmbito municipal; estimular o uso desse cadastro pelas diversas secretarias municipais; zelar pela qualidade das informações coletadas; digitar, transmitir e acompanhar o retorno dos dados enviados à Caixa Econômica Federal (CEF); manter atualizada a base de dados do Cadastro Único; prestar apoio e informações às famílias de baixa renda sobre o Cadastro Único.

A importância do Cadastro Único

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal tem como intuito identificar e caracterizar as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica da população. No cadastro são registradas as características da residência, identificação de cada pessoa, escolarização, situação de trabalho e renda, entre outras informações.

É importante lembrar que realizar o CadÚnico não significa tornar-se beneficiário dos programas oferecidos pelo Governo Federal. Após o cadastro, os dados fornecidos pelo responsável familiar para o mesmo são encaminhados para o Governo e passam por uma analise. É a parir dos dados fornecidos ao CadÚnico que o Governo Federal decidirá se a família necessita do auxilio dos programas para melhorar sua condição de vida. Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e pelo municípios para implementação de politicas publicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.

Quem deve estar inscrito no Cadastro Único

Devem estar cadastradas as famílias de baixa renda; que ganham até meio salário mínimo por pessoa; ou que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Principais programas que atendem as famílias/pessoas inscritas no Cadastro Único:

  • Programa Bolsa Família
  • Programa Minha Casa, Minha Vida
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoas de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Isenção de Taxas em Concurso Públicos.

Para se cadastrar, procure o setor no seu município, localizado na Rua Antônio de Souza Peixoto, 68, com o documento de identificação, CPF, título de eleitor, carteira de trabalho e certidão de nascimento de todos que moram na casa e um comprovante de residência.

Sobre o autor

Assessoria de imprensa