Prefeitura de Alvarenga recebe insumos para o projeto de recuperação de nascentes

Tempo de leitura: 2 minutos

A Prefeitura de Alvarenga transportou nessa sexta-feira, 08, insumos para cercamento de nascentes no município. Os insumos, compostos por mourões, rolos de arame e grampos, chegaram na cidade e serão distribuídos para os proprietários cadastrados no projeto de recuperação de nascentes do município, que faz parte do Programa Olhos D’água, do Instituto Terra.

Na oportunidade, a Administração Municipal transportou do Instituto Terra, localizado em Aimorés, 2.000 mourões de eucalipto, 92 rolos de arame e 46 Kg de grampo, mas no total serão contempladas 150 nascentes, totalizando 15.000 mourões, 600 rolos de arame e 300 kg de grampos, além das mudas nativas, que serão plantadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente nas áreas cercadas através do projeto no período chuvoso.

Além da parceria com o Instituto Terra, o projeto contará também com outros parceiros, como o SENAR, que estará aplicando curso de Recuperação de Nascentes para os representantes comunitários que estarão auxiliando nos mutirões para cercamento das nascentes cadastradas.

O Projeto, iniciado em 2016, contou com levantamentos nos Conselhos de Meio Ambiente e CMDRS, e cadastros e georreferenciamento, realizados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente com apoio do técnico do Instituto Terra, Marcos Campos e do Técnico da EMATER, Alexandre.

“Os benefícios do projeto serão grandes, o cercamento e plantio de vegetação nativa funcionam como escudo, protegendo as nascentes e córregos, evitando o pisoteamento, assoreamento , melhorando de forma qualitativa e quantitativa os nossos recursos hídricos, trazendo benefícios para todos nós, que não somos nada sem a água.” relatou o secretário de Meio Ambiente, Saulo Soares.

O projeto reflete a preocupação e compromisso da Administração Municipal com o meio ambiente.

No projeto, os arredores de cada fonte de água são cercados e várias árvores são plantadas. As ações são realizadas depois da autorização e anuência dos produtores rurais de cada local. Eles se comprometem a manter o local preservado e cuidar para que as árvores não sejam cortadas. Em troca, recebem o plantio de mudas de árvores nativas e os insumos para cercamento das nascentes.