Vinte propriedades rurais de Alvarenga são contempladas com o projeto de recuperação de nascentes

Tempo de leitura: 2 minutos

Os produtores rurais que integram o Programa Olhos D’Água no município de Alvarenga, receberam de forma simbólica nesta segunda-feira, 24, por meio do projeto, os insumos para recuperação de nascentes.

O ato simbólico realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Prefeitura Municipal de Alvarenga contou com a participação de produtores rurais, diretor da associação de produtores da região, representantes do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS, representantes dos órgãos públicos ligados ao setor, Instituto Terra, EMATER, secretários municipais, poder legislativo e executivo de Alvarenga.

O Programa Olhos D’Água tem como objetivo a preservação e recuperação de nascentes. O beneficio foi obtido por meio dos esforços da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Prefeitura Municipal de Alvarenga, Instituto Terra e CBH Manhuaçu – Comitê de Bacias Hidrográficas Águas do Rio Manhuaçu.

No ato da entrega simbólica os produtores rurais assinaram um termo de compromisso para o cercamento da nascente no prazo máximo de 60 dias, acompanhados das autoridades presentes e receberam uma muda nativa simbolizando o compromisso com o meio ambiente.

Conforme previsto no projeto, cada produtor selecionado receberá os insumos necessários para o cercamento, placas alusivas ao projeto e o diagnóstico quantitativo e qualitativo dos recursos hídricos das nascentes em recuperação no município.

Segundo o secretário municipal de meio ambiente, Saulo Soares, o município tinha 75 proprietários mobilizados, graças ao esforço da secretaria e atual administração com projetos de conscientização o número de nascentes cadastradas para o projeto Olhos D’Água duplicaram, passando para 150 proprietários cadastrados.

O técnico do Instituto Terra, Marcos Campos conta que a ação está sendo desenvolvida na bacia do Rio Manhuaçu. “A partir do projeto, produtores rurais têm sido estimulados a adotar técnicas sustentáveis no uso do solo, diminuindo o impacto das atividades agrárias e de pecuária nas nascentes, recebendo ainda mais insumos para cercamento dos olhos d´água, ou seja, nascentes”, destacou.

Nos próximos dias desta semana, a administração municipal irá entregar em cada uma das 20 propriedades inicialmente contempladas pelo projeto, os 100 mourões de eucalipto, 2kg de grampo e 4 rolos de arame de 250 metros que compõem o kit de materiais para cercamento das nascentes.

Funcionários da Secretaria Municipal de Meio Ambiente atuará juntamente aos produtores contemplados no projeto de recuperação das nascentes, fazendo o plantio de 150 mudas de espécies nativas na área de recarga das nascentes no período chuvoso.

As nascentes estarão sendo certadas através de mutirões, organizados pela Secretaria de Meio Ambiente e pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS.

O programa “Olhos D’Água” foi criado pelo Instituo Terra voltado para a revitalização da bacia hidrográfica do Rio Doce, do qual o rio Manhuaçu é afluente, e que já soma mais de mil nascentes protegidas ou em processo de recuperação.

Os proprietários que interessar no projeto deverão procurar a Secretaria de Meio Ambiente de Alvarenga, localizada na Rua Antônio de Souza Peixoto, 68 – Centro.

« 1 de 2 »