Saúde

Mobilização contra o Suicídio para o Centro de Alvarenga!

‘Acredite, você tem valor, diga sim a vida não ao suicídio”.

Na manhã desta terça feira, a Equipe do NASF em parceria com CRAS, Administração e Escolas Estadual e Municipal, fizeram pela primeira vez em Alvarenga um evento que visa combater o suicídio, com a presença de vários grupos, alunos das escolas municipais e estaduais, nossos profissionais puderam mostrar um grande problema de saúde pública que existe no mundo e em nossa cidade.

Após as falas foi feita uma passeata em volta do centro da cidade terminando assim nossa mobilização e aviso. Segundo o secretário municipal de saúde, Srº Geraldo é um assunto complexo, o suicídio, que espelha fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sociais e também culturais, tem sido desvendado, nos últimos quatro anos, pela campanha Setembro Amarelo. Neste ano, nosso município resolveu entrar nesta campanha, as atividades de prevenção e sensibilização incluem caminhadas, veiculação de materiais da campanha por figuras públicas que abraçam a causa e a decoração e iluminação de prédios públicos, praças e monumentos com luzes e itens amarelos.

Curiosidade:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que ocorram, no Brasil, 12 mil suicídios por ano. No mundo, são mais de 800 mil ocorrências, isto é, uma morte por suicídio a cada 40 segundos, conforme o primeiro relatório mundial sobre o tema, divulgado pela OMS, em 2014.

Em geral, a vontade de acabar com a própria vida é provocada pela falta absoluta de perspectiva e uma enorme sensação de desamparo e angústia. O que não se destaca é que, na maioria dos casos, o radical desejo é gerado por um quadro de transtorno mental tratável, como depressão, transtorno bipolar afetivo, esquizofrenia, quadros psicóticos graves e transtornos de personalidade.

Créditos/Foto: Pedro Gregório

Sobre o autor

Assessoria de imprensa